sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Humidade salgada

'Hoje deito-me na cama que fiz'

         Abro os olhos e deparo-me com uma lâmpada acesa, apago-a e tento adormecer num chão frio com uma humidade salgada. Pouco tempo depois acordo com um estrondo de uma porta a cair, respiro fundo, levanto-me e encaro com pessoas com apenas dois olhos no rosto em que não dá para descobrir o estado de espírito de cada uma, com apenas o olhar.
         Olho me ao espelho e dou de caras com dois olhos num rosto vazio e opaco, sou exactamente igual ás outras pessoas, não sou superior nem inferior a ninguém. Apenas, infelizmente penso duma forma que por vezes me leva a acabar assim, deitada num chão frio e desconfortável,  mas foi exactamente a cama que fiz, pois foi aqui que os meus actos me trouxeram.
         E o pior de tudo é que este não é o meu mundo, eu nunca vivi aqui, nem sei o que isto é, nem quem sou, tudo isto fui eu que criei não sei como, transformando-me assim nesta raça que nem nome ao certo encontrei para lhe chamar.















4 comentários:

  1. adoro o gif, não sei porquê, aquelas mãozinhas todas ali transmitem-me algo! estou a seguir

    ResponderEliminar
  2. Oiin obrigado querida♥
    Amei a 3º foto!

    ResponderEliminar
  3. as coisas mudaram bastante , dá pra ver no texto novo .

    ResponderEliminar
  4. sim , é verdade . mas esse mesmo amor pode-se tornar também na pior coisa do mundo quando nos deixa a sofrer :o

    ResponderEliminar